Subscreva através de email para receber posts novos e ofertas exclusivas 1 vez por semana. Não custa nada, e eu não sou chata! xD

Irina Vieira

Aqui em baixo conto um pouquinho sobre minha história, e como tudo isso começou.

Cresci brincando na rua, jogando boleba (bola de gude), pés descalços, andando de bicicleta, caindo, me ralando toda, subindo em árvore.. enfim, fui uma maria-rapaz! Como se diz aqui em Portugal. Mas sempre adorei mexer nos batons das minhas tias vaidosas.. lindas.. minhas divas! Cada uma do seu jeito.. uma era a diva fashion, que me deu o gosto por me vestir melhor.. outra era a diva dos batons, que me dava as maquilhagens que já não queria (e foi daí que surgiram os primeiros rabiscos!).. e a outra tia, a diva dos vernizes (esmaltes!).. manicure, tinha milhões de vernizes e toda vez que eu ia a casa dela, ela quase enfartava com a ‘jabardice’ que eu e minha prima fazíamos achando que estávamos com as unhas lindas!

Tenho uma grande facilidade em me adaptar aos ambientes, idiomas, culturas.. O meu único sofrimento, é a saudade que sinto da minha família e amigos. Adoro viajar.. adoro conhecer culturas.. idiomas.. pessoas! A humanidade, ou grande parte dela, me fascina! O acto de socializar, é um dom! Ninguém é triste quando tem com quem conversar.. interagir.. ‘trocar figurinhas’. Troca de energias positivas! A ideia de criar um blog, começa basicamente daí. Vim viver no Porto, de pára-quedas! (Meu marido aqui nasceu, cresceu e não consegue viver em outro lugar!) Numa cidade que nunca tinha visitado, e quando o fiz.. era pra ficar!
Acostumada com uma família enorme e unida, me deparei com outra realidade. Pessoas individualistas.. sem calor humano e carinho em família.

(Atenção que não são todas! Também recebi muito calor humano.. senão, não teria aguentado a transição!) Decidi então, criar um blog pessoal. Não propriamente para interacção.. era um lugar onde eu pudesse partilhar momentos, receitas gastronómicas, e tudo que eu achasse que valesse a pena disponibilizar a quem tivesse interesse. Mas o meu lado ‘vaidosa’ falou mais alto.. e eu descobri um mundo novo! Onde eu poderia partilhar meus conhecimentos com quem sabe e quem não sabe mais que eu.. Poderia aprender coisas novas, e interagir! Tem coisa melhor? ❤